Buscar

Brasil mantém cadeira em conselho e argentino é eleito presidente


Foram eleitos os 15 membros responsáveis pelas ações da Aliança Cooperativa Internacional (ACI) no período até 2021

Os representantes dos 96 países adesos à Aliança Cooperativa Internacional (ACI), em 17 de novembro, em Kuala Lumpur, na Malásia, elegeram os 15 membros que coordenarão os trabalhos da ACI no período 2017-2021. Para a presidência, foi eleito o argentino Ariel Guarco, que somará essa atividade à Presidência da Confederação de Cooperativas da Argentina. Para o Conselho de Administração, Onofre Cezário de Souza Filho – presidente do Sistema OCB/MT e um dos diretores da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB).


Cezário, que foi o sexto mais bem votado, obtendo 515 votos e superando os representantes da Inglaterra e da França, mantém a tradição da presença brasileira no board da ACI. São 25 anos ininterruptos, iniciados com Roberto Rodrigues, que chegou à Presidência do órgão mundial de representação do cooperativismo, seguido de Americo Utumi, por 12 anos, e de Eudes Aquino, nos últimos 4 anos.


O novo Conselho de Administração da ACI conta com representantes da Austrália, Brasil, Canadá, Cingapura, Dinamarca, Estados Unidos, Finlândia, França, Índia, Inglaterra, Itália, Japão, Malásia, Nepal e Suécia. Sua responsabilidade é propor e debater os projetos para a promoção do cooperativismo desenvolvido pela Aliança. O grupo se reúne três vezes ao ano em diferentes países. Também foram eleitos os novos presidentes dos comitês setoriais, de jovens e de igualdade de gênero da ACI.

Por ocasião da posse, Onofre Cezário agradeceu “ao movimento cooperativista brasileiro por confiar em mim para uma missão tão nobre. Estou imensamente feliz por poder contribuir com o desenvolvimento sustentável do cooperativismo mundial. Cooperar é se preocupar com as pessoas e o nosso setor envolve milhões de trabalhadores ao redor do mundo”.


Além de Guarco e Cezário, o Conselho da ACI conta com:

  • Austrália – Gregory Wall – Nominado por Capricorn Society Ltd

  • Canadá – Alexandra Wilson – Nominado por Co-operatives and Mutuals Canada (CMC)

  • Dinamarca – Susanne Westhausen – Nominado por Kooperationen

  • Finlândia – Marjaana Saarikoski – Nominado por SOK Corporation

  • França – Florence Raineix – Nominado por Coop FR

  • Índia – Aditya Yadav – Nominado por Indian Farmers Fertiliser Cooperative Limited (IFFCO)

  • Itália – Carlo Scarzanella – Nominado por A. G. C. I. – Associazione Generale Cooperative Italiane

  • Japão – Toru Nakaya – Nominado por JA Zenchu (Central Union of Agricultural Co-operatives)

  • Malásia – Kamarudin Ismail – Nominado por Malaysian National Cooperative Movement (ANGKASA)

  • Nepal – Om Devi MALLA – Nominado por National Cooperative Federation of Nepal

  • Singapura – Kok Kwong Kwek – Nominado por Singapore National Cooperative Federation (SNCF)

  • Suécia – Anders Lago – Nominado por HSB

  • Reino Unido – Ben Reid – Nominado por The Midcounties Cooperative

  • Estados Unidos – Martin Lowery – Nominado por National Rural Electric Cooperative Association (NRECA)


O representante brasileiro – Onofre Cezário de Souza Filho, segundo perfil divulgado no portal do Sistema OCB, é conhecido por fomentar a educação cooperativista, acreditando que ela se constitui no alicerce para o futuro do movimento. Em função disso, quer unir forças e, nos próximos quatro anos, investir em intercâmbios acadêmicos como forma de compartilhar conhecimento entre os países membros da ACI. A intercooperação também está na pauta de Onofre Cezário. Ele pretende estimular os negócios entre as cooperativas e reforçar que o movimento cooperativista brasileiro consegue aliar sustentabilidade e produtividade, demonstrando, desse modo, aos organismos internacionais e à sociedade o diferencial brasileiro na maneira como estimula a competitividade das cooperativas.

O novo presidente – Eleito com 671 votos dos 691 possíveis, Ariel Guarco é o segundo latino-americano a presidir a Aliança Cooperativa Internacional. Entre suas metas, estão o fortalecimento das inter-relações entre as organizações regionais e setoriais e a consolidação das redes de juventude e de gênero.


Oriundo de Coronel Pringles, pequena cidade do sul da província de Buenos Aires, com cerca de 20 mil habitantes, é médico veterinário, também tem graduação em Economia Social, e é mestre em Economia Agrária, A relação com o cooperativismo iniciou-se via cooperativa elétrica da sua cidade natal, na qual, após ocupar diversos cargos, assumiu como presidente, função em que se mantém ainda hoje. Soma a isso, desde 2011, a Presidência da Confederação Cooperativa da República Argentina (Cooperar), e, desde 2014, a função de 2º vice-presidente da Cooperativa das Américas.


Brasil na Assembleia Geral da ACI – A Assembleia Geral da ACI foi realizada de 13 a 17 de novembro e a participação brasileira foi marcantes em diversos momentos. No dia 13, a gerente institucional do Sistema OCB, Fabiola Nader Motta, apresentou o Catálogo Brasileiro de Cooperativas Exportadoras, documento traduzido para sete idiomas e que reúne as principais informações relativas aos produtos, endereços, contatos e demais dados que podem aproximar aqueles que compram daqueles que vendem.


No dia 15, o presidente do Sistema Ocemg, Ronaldo Scucato, esteve entre os debatedores do painel “Cooperativas para 2030: Exemplos do Engajamento das Cooperativas nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Na ocasião, ele apresentou o Dia de Cooperar (Dia C), o maior programa de responsabilidade socioambiental executado pelas cooperativas brasileiras, que nasceu em Minas Gerais e ganhou o Brasil, ao possibilitar a realização de mais de 5,6 milhões de atendimentos.


As conferências da ACI ocorrem a cada dois anos com o propósito de aprovar o planejamento e as contas da entidade.


Fonte: Mundo Coop


18 visualizações
Siga
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Recentes